Casamento boho em Belo Horizonte, no Espaço Província

Quem ai gosta do tema “boho”? Mistura de estilos, muita liberdade de criação, cores…eu amo! O boho está sempre presente de alguma forma nas nossas decorações…

No caso da Raissa e Marcos, fizemos uma decor inusitada, diferente, que fugisse totalmente do tradicional! Raissa escolheu como cor principal o marsala, muito bem acompanhado pelo azul royal e dourado.

Para a composição floral, escolhemos flores nobres e pincelamos tons claros (branco, creme e rosa bebê) para trazer uma certa transparência e não pesar demais. E, óbvio, abusamos da criatividade e arte nos arranjos, mesclando flores de corte com suculentas e outras plantas de vaso e acabamentos para o tom mais irreverente e moderno que pretendíamos levar para a decor.

Para as peças e complementos de mesa, brincamos com as cores da paleta e tivemos um resultado alegre, enérgico e elegante. Seguindo a identidade visual do convite, a mãe da Raissa pintou vários sousplats à mão com flores utilizadas no casamento para as mesas de família e brincamos com elementos suspensos simples, mas cheios daquele borogodó que a gente tanto ama.

A referência principal de mesa de bolo que a Raissa havia me mandado era bem minimalista. Percebi que ela não queria nada muito cheio, mas ao mesmo tempo, queria algo marcante. Para isso, desenhamos dois aparadores em azul royal para os nossos super parceiros da GF Móveis produzirem, escolhemos peças clássicas em dourado para trazer um ar Vintage e também compor com as lindas bandejas do Buffet Rullus  e entramos com as lâmpadas de filamento para trazer aquele charme final.

E o buquê? Raissa me pediu um buquê grande, volumoso, com muitas folhagens e flores em vinho/marsala. Caprichamos nas proteas, orquideas, callas, tulipas, curcumas, ornitogalum e folhagens como o eucalipto. Alem de toda a beleza do buquê, uma homenagem super parecida ao pai, que está sempre ao lado dela e que a levaria ao altar, sim.

A cerimônia aconteceu na Praça das Jabuticabeiras. A decoração foi minimalista, o objetivo era enaltecer a natureza e os jardins do Espaço Província.

Pra nós, é sempre um prazer participar dessas historias e criar cenários que realmente combinam com o estilo de cada casal. Cada história é unica, e pode ser contada de forma linda através da decor!

Time desse casamento:

Mobiliário: GF Móveis

Local: Espaço Provincia – Belo Horizonte

Buffet: Rullus

Assessoria e Cerimonial: Elisangela Cunha

Fotografia: Luiza Villarroel

Filmagem: Coelha Produtora

Iluminação Cênica: Arte Cênica Iluminação

Bolo: Bolos Dilene

Bar de drinks: Del Carlo Drinks

Musica: Musica Mundi

Parceiros decor: Atelier à Luz de Velas; Coisas de Montar; Macelan Exclusive; Palinka studio

 

 



Casamento rústico Em Tiradentes – Kátia e Rodrigo – Pousada Brisa da Serra

Ahhh, a Brisa da Serra….faça sol ou faça chuva, é sempre a Brisa. Imponente, acolhedora, linda.

A Kátia e o Rodrigo são fotógrafos. Viajam o Brasil fotografando e contando lindas historias. E, no dia deles, não poderia ser diferente. A fotografia e a luz foram os guias do projeto. Tudo pensado para um excelente resultado fotográfico. A história deles e das familias (também fotógrafos) estavam muito bem retratadas ali.

Fez sol. Choveu. Fez sol. Choveu. E assim foi. E assim é. o que importa é o amor, a energia, o companheirismo e a alegria. E isso se teve de sobra!!

Sobre a decor?? Um rustico chic beeeem colorido, com suculentas e outras plantas, vasos de barro, velas, luzes e muito aconchego. Aquela decor com cara de casa, de almoço no jardim…

Vamos ver mais??

 

 

 

Nao deixem de ver também o VÍDEO INCRÍVEL produzido pela Cinemotion Films neste link: VIDEO KATIA E RODRIGO

Time completo:

Local e cerimonial: @brisadaserratiradentes

Projeto de decoração e flores: @luizajuste

Fotografia:@fercesarphotos  @cinemotionfilms

Buffet: @brisadaserratiradentes

Bolo e doces: @docesdalua

Musica:  @analiberattocanto @duo_ag     @djnilojf  

Parceiros decor:

Iluminação: @djkkneves

Mobiliário : @gflocacaodemoveis.

Complementos de mesa: @macelanexclusive

Peças: Acervo Luiza Juste, @atelieraluzdevelas 

 

 



Cerimônias de casamento ao ar livre: vantagens e cuidados especiais

Oláaa!!!

Então vamos começar a falar de casamento, né? Trataremos de temas relacionados à decoração usando sempre os nossos projetos como base, mas em alguns momentos, se acharmos conveniente, usaremos também algumas referências para exemplificar os assuntos de forma mais clara.

Quem nos conhece sabe a verdadeira paixão que temos por casamentos integrados à natureza, no campo, na represa, no sítio, no meio da floresta…

Primeiro por que a natureza entra no cenário com força total, complementando a decoração – e, em alguns casos, até dispensando um grande número de arranjos, móveis ou itens decorativos (vamos combinar que às vezes, menos é mais);

Casamento Raissa e Marcos – Espaço Província (Belo Horizonte)
Casamento Bia e Sérgio – Visconde de Mauá/RJ (Projeto do Palinka Studio e execução floral Luiza Juste, Palinka e Feflores)

Segundo por que, sem dúvida, traz um clima de aconchego, fica confortável para os convidados e cheio de energia boa.

Casamento Lais e Gustavo – Camuá Eventos – Lavras/MG

Terceiro por que a LUZ NATURAL é a coisa mais perfeita desse mundo, deixando as fotografias muito mais lindas, os arranjos mais vistosos, e as filmagens cheias de VIDA!

Casamento Bruna e Fernando – Pousada Brisa da Serra/ Tiradentes-MG
Casamento Bárbara e Leone – Cana Café/ Ijaci – MG

Bom, já provei então o quanto é lindo fazer uma cerimônia ao ar livre, correto? E, na minha opinião não existem desvantagens nesse tipo de cerimônia, porém, precisamos ter alguns cuidados especiais:

  1. Sempre tenham um plano B – o tempo pode virar!
  2. Inclusive, pensem na época do ano em que vão se casar – de outubro a março a chance de cair um toró no meio da cerimônia é maior.
  3. Escolha o horário da cerimônia com o apoio do decorador, fotógrafos e videomakers – eles saberão como aproveitar a luz do sol da melhor forma possível, sem estourar as imagens ou causar sombreamentos desagradáveis (gente, isso é sério)
  4. Outra dica para a escolha do horário: pense que é quase inevitável haver algum tipo de atraso, então contabilize isso para não correrem o risco do sol se pôr “antes da hora” ou estar quente demaaaaais no momento da cerimônia
  5. Mais uma dica sobre horário – especialmente para cerimônias no pôr do sol: algum atraso pode acontecer, mas EXPLIQUE aos convidados, familiares e padrinhos que não pode haver nenhum excesso e que vocês escolheram a cerimônia neste horário especialmente pelo pôr do sol. E padrinhos e convidados, sejam corretos nisso, vai! É o dia mais importante da vida deles!
  6. Cerimônias noturnas ao ar livre  também são lindas, mas dependem de uma boa iluminação – tanto voltada para a cerimônia quanto a cênica que iluminará a natureza ao redor – jardins, lagos, etc…de novo, converse com os fotógrafos e façam teste de iluminação com antecedência
  7. Cuidado com o uso de velas ao ar livre – dependendo do suporte ou castiçal, provavelmente elas não ficarão acesas – opte por lanternas ou vidros longos que protejam a chama
  8. Parece óbvio, mas não custa lembrar: balões com fogo são proibidos por lei (crime ambiental), então corram disso #pelamordedeus!
  9. Ainda farei um post específico sobre identidade visual, porém, #ficaadica aqui para cerimônias ao ar livre – deixem isso claro no convite. Através da paleta de cores, do estilo da papelaria e, quem sabe até convidar as pessoas mostrando um pouquinho do local? Para o casamento da Lais e do Gustavo, por exemplo, sugeri a eles que fizessem uma aquarela do Camuá (lindamente elaborada pela Fernanda Lhama). Muito amor, né?
Convite Lais e Gustavo

No mais, curtam a vista, o local, a energia do sol e da natureza!

Créditos das fotos: Equipe Luiza Juste; Lucas Loyola; Helena Leão e Gilney Botelho

Gostaram do post? Têm dúvidas? Comentem aqui embaixo e compartilhem! Um beijoooo!